“Devo vacinar-me contra o Sarampo?”

Têm surgido comunicados por parte da direção geral de saúde alertando para a necessidade da vacinação contra o sarampo.

O sarampo faz parte das doenças protegidas pelo plano nacional de vacinação (PNV). Portugal, país onde o Sarampo está considerado como eliminado, tem assistido a um aumento de casos da mesma forma que outros países europeus. Este aumento está provavelmente associado a imigrantes de países onde a doença persiste e a portugueses não vacinados adequadamente. Assim, se tiver a vacina atualizada estará mais protegido da doença evitando que ela se propague.

O sarampo é uma doença infeciosa provocada por um vírus e altamente contagiosa através de secreções nasais ou faríngeas (tosse, contacto direto…) que se manifesta inicialmente por febre alta, pingo no nariz, conjuntivite ou tosse e posteriormente por um exantema típico (lesões na pele tipo pintas que começam na face e progridem para o tronco e membros).

Caso suspeite ter sarampo deve dirigir-se ao serviço de urgência mais próximo para ser observado e confirmar ou excluir a doença. Pode ou não haver necessidade de ser internado. Os antibióticos apenas são eficazes se do sarampo surgirem complicações como por exemplo uma pneumonia.

Se esteve em contacto com um doente deve verificar o seu estado vacinal e atualizá-lo num prazo de 72 horas e deve estar atento a sintomas sugestivos da doença agindo conforme já referido.

Esquema de vacinação (fonte: DGS)

População-alvo/Idade Número de dose de VASPR recomendado

<18 anos

2 doses

Esquema recomendado: 12 meses e 5 anos de idade

Adultos

(≥18 anos)

nascidos ≥1970

1 dose

nascidos <1970

0 doses

Profissionais de saúde

2 doses (independentemente do ano de nascimento)

Como verificar se tem a vacina atualizada? A vacina está identificada com o campo “sarampo” ou “VAS” ou “VASP” ou “VASPR”:

  • Boletim de vacinas pessoal;
  • Recorra ao seu centro de saúde que consultará o seu processo clínico;
  • No portal do cidadão do site sns.gov.pt – consulte as imagens abaixo para conhecer os passos de acesso ao seu boletim de vacinas digital;
  • Em caso de dúvidas será preferível vacinar conforme as indicações não sendo prejudicial a administração de doses extra.

A VACINA É GRATUITA!

O sarampo é uma doença infeciosa altamente contagiosa através de gotículas de ar (tosse, espirro…). Têm surgido casos em Portugal pelo que deve verificar se está corretamente vacinado. O sarampo carateriza-se por febre, tosse, pingo no nariz ou conjuntivite e por um exantema (pintas vermelhas no corpo). Se suspeita ter esta doença deve dirigir-se ao serviço de urgência mais próximo. Estar corretamente vacinado protege-o e evita que a doença se propague.

Saiba mais em https://www.dgs.pt/saude-publica1/sarampo.aspx

Deixe uma resposta