Gravidez e automóveis

A gravidez é um período vulnerável da mulher, como tal, devem ser tomadas várias medidas preventivas, sem que as mesmas interfiram no dia-a-dia da mulher.

No 3º trimestre da gravidez (principalmente a partir das 30 semanas), para uma maior segurança rodoviária aconselha-se o seguinte:

  • Se a grávida for passageira, é preferível que circule nos bancos traseiros (se existirem obviamente). Esta medida oferece mais espaço à grávida e evita contacto com o airbag frontal que, embora não seja proibido, está desaconselhado nesta fase da gravidez;
  • Se for condutora (preferivelmente deverá ser passageira), aconselha-se que tenha uma posição mais afastada do volante. Esta medida permite, no caso de um embate, que o airbag seja atempadamente acionado e infla totalmente antes de contactar com a vítima, oferecendo maior proteção.

O cinto de segurança é sempre obrigatório!

Deixe uma resposta