“A bronquite das lareiras”

Tal como o tabaco, o fumo das lareiras é um dos fatores de risco para o desenvolvimento da vulgarmente chamada bronquite crónica, mais corretamente a doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC). Se tem lareira sem recuperador de calor, o melhor é instalar um ou usar uma fonte de calor alternativa. Por outro lado, se já sofre de doença pulmonar aconselha-se que deixe imediatamente de frequentar espaços com fumo, incluindo espaços com lareiras abertas. Esta doença provoca desde tosse com expetoração a falta de ar com necessidade de oxigénio, sendo causa de grandes limitações. Existe tratamento para a melhoria dos sintomas, embora com necessidade de colaboração do doente.

Para além do tabaco, o que pode ajudar a desenvolver a DPOC?

A verdade é que o tabaco é o principal fator para o desenvolvimento da DPOC, mas não é o único. O fumo da lenha e de outras fontes (por exemplo os pellets) em espaços pouco ventilados, a exposição a agentes químicos ou outros na atividade profissional sem a devida proteção (uso de máscaras adequadas), asma, fatores genéticos, malformações congénitas e até a poluição ambiental, são todos fatores de risco para o desenvolvimento desta doença.

“Quando devo suspeitar de DPOC?”

Deve suspeitar se apresentar sintomas como tosse, expetoração e falta de ar (excetuando em contexto de doença recente) e/ou se tiver história de exposição aos fatores referidos acima.

“Se eu ou o meu médico suspeitarmos que tenho DPOC, como posso confirmar?”

Para confirmar se tem DPOC deve realizar as provas funcionais respiratórias, também designadas de espirometria. Pode ser prescrito pelo seu médico de família e consiste num exame não doloroso, devendo apenas respirar para um aparelho conforme as indicações do técnico pelo que depende muito da colaboração do doente (ver imagem abaixo).


A DPOC é uma doença pulmonar crónica, onde o tabaco é o principal fator de risco. No entanto, o uso desmedido de lareiras sem qualquer isolamento deve chamar-nos à atenção, podendo também ser causa desta doença, mesmo em não fumadores. Se não tem possibilidade de isolar a lareira, é preferível o uso de fontes de calor alternativas e menos prejudiciais para a saúde. 

Consulte o site https://dpocmed.ptpara saberem mais sobre esta doença.

Deixe uma resposta