Testes rápidos ao sangue para deteção de anticorpos não servem para saber se têm Covid-19

São vários os locais que disponibilizam testes rápidos de deteção de anticorpos à Covid-19 através do sangue, sejam laboratórios ou mesmo farmácias, sempre com um custo associado. Isto parece promissor mas na verdade deve ser visto com muito cuidado. Passo a explicar. A DGS emitiu uma circular informativa (N.o 003/CD/100.20.200) que esclarece o seguinte. Existem

Covid-19: há tratamento

Estamos perante uma pandemia. Lutamos contra um inimigo desconhecido. É preciso ganhar tempo. Como? Evitar a transmissão! Como? Evitando contacto com outras pessoas, ou seja, sair de casa só para o estritamente necessário! Compras essenciais significa comprar comida, comprar medicamentos… não significa comprar aquela peça de roupa, ou tomar um café naquele sítio que ia

Vacina da gripe – Mitos

Resumo este artigo a 4 questões que parecem ser as mais frequentes. Tomar a vacina da gripe provoca gripe? Não. O vírus incluído na vacina está inativo, logo nunca poderá provocar a doença. Por vezes, o ato de vacinar pode criar uma reação muscular seguida de dores no corpo e aumento ligeiro da temperatura. Trata-se

Atenção ao (ab)uso dos anti-inflamatórios!

Os anti-inflamatórios (ex: ibuprofeno, diclofenac, naproxeno, etc) são frequentemente utilizados para controlar a dor, seja ela recente (aguda) ou de longa data (crónica). O uso prolongado destes medicamentos deve ser evitado, exceto algumas situações selecionadas pelo médico. São vários os efeitos secundários, alguns deles graves. Tomar estes medicamentos dia sim dia não é um começo

Vacina da gripe 2018/19

ATUALIZAÇÃO (6/10/2018)! Foi publicada a norma da DGS (direção geral de saúde) onde constam as recomendações da vacinação contra a gripe assim como todos aqueles a quem é gratuita. Pode aceder aqui ao documento.  A vacina é fortemente recomendada e GRATUITA a: Pessoas com idade igual ou superior a 65 anos  Residentes em instituições, incluindo

Gravidez e automóveis

A gravidez é um período vulnerável da mulher, como tal, devem ser tomadas várias medidas preventivas, sem que as mesmas interfiram no dia-a-dia da mulher. No 3º trimestre da gravidez (principalmente a partir das 30 semanas), para uma maior segurança rodoviária aconselha-se o seguinte: Se a grávida for passageira, é preferível que circule nos bancos