Blog com informação médica confiável para uma comunidade mais saudável e consciente. Saber Mais

Posso ajudar a manter-se atualizado sobre a saúde.

Receba gratuitamente dicas e conselhos de um médico de família

Picadas de inseto? Não aplique uvas nem facas. Saiba o que fazer!

Quem nunca ouviu falar da técnica da uva sobre uma picada de abelha? Pois bem, este é um daqueles remédios caseiros que deve deixar para trás. Nesta época do ano, as picadas de inseto são comuns, mas em Portugal, complicações graves são raras.
Picadas de inseto? Não aplique uvas nem facas. Saiba o que fazer!
Quem não se lembra de pressionar uma uva com uma faca sobre uma picada de abelha? Esta é daquelas mezinhas que deve abandonar.

Nesta altura do ano são frequentes as picadas de inseto, sejam elas quais forem. Portugal é dos países com menos insetos perigosos pelo que é rara a complicação grave ou mesmo morte provocada por uma picada. Aplicar uma uva ou uma faca e colocar vinagre sobre uma picada é um remédio caseiro habitual das nossas avós. Contudo, não o deve fazer sob risco de infetar a zona picada.

As crianças, idosos, doentes imunodeprimidos e pessoas com alergias ou sensibilidade conhecida à picada do inseto têm maior probabilidade de complicações. Se frequentar zonas com muitos insetos, viajar para países quentes ou for suscetível a picadas use um repelente de insetos.

O que deve fazer se for picado por um inseto?

  1. Primeiramente, se viu o inseto identifique-o, se possível fotografe-o (poderá mostrar ao médico se surgir alguma complicação);
  2. Se tiver um ferrão retire-o e lave a zona picada com água corrente e sabão neutro;
  3. Aplique gelo com um pano limpo (nunca diretamente) por períodos de 10 minutos várias vezes durante ao dia;
  4. Se tiver dor tome um analgésico (paracetamol ou ibuprofeno);
  5. Se tiver comichão tome um antihistamínico (cetirizina, bizantina, hidroxizina, etc.) ou aplique uma pomada de cortisona 2 vezes por dia durante uma semana (ex: hidrocortisona em creme 10mg/g). Evite coçar já que as unhas são uma fonte de contaminação que podem infetar a zona da picada;
  6. Por fim, aguarde alguns dias até melhorar por completo.

Quando recorrer ao serviço de urgência após uma picada?

  • Se surgir falta de ar, dificuldade em engolir ou a sua cara começar a inchar;
  • Se começar a sentir fraqueza, náuseas e vómitos, taquicardia (mais de 100 batimentos cardíacos por minuto) ou ficar desorientado.

Devo procurar tomar um antibiótico assim que for picado?

O antibiótico é na maioria das vezes desnecessário, principalmente se adotar as medidas acima referidas. Recorra ao médico se passados alguns dias a zona da picada em vez de melhorar ficar mais vermelha, quente, inchada e com pus ou se surgir febre ou sensação de mal-estar e cansaço. Por outro lado, pode ligar ao CIAV (Centro de Informação Antivenenos) – 808 250 143 – para aconselhamento sobre a atitude a tomar.

Como posso evitar as picadas?

  • Use roupa clara e mais larga;
  • Evite andar descalço;
  • Use repelente de insetos (à venda nas farmácias e parafarmácias);
  • Se frequentar o campo e zonas com muita vegetação use calçado alto, calças e eventualmente luvas se tiver se usar as mãos;
  • Se pensa viajar para um país tropical lembre-se que é maior a probabilidade de ser picado por isso adote estas medidas.

Com a chegada do calor é também importante optar por um bom protetor solar. Saiba aqui que fatores deverá ter em consideração no momento da compra!

A informação constante neste blogue deve, sempre que necessário, ser abordada com o seu médico e está sujeita a atualizações a que os leitores devem estar atentos.

PARTILHAR

Posso ajudar a manter-se atualizado sobre a saúde.

Receba gratuitamente dicas e conselhos de um médico de família

Navegação

Scroll to Top