Blog com informação médica confiável para uma comunidade mais saudável e consciente. Saber Mais

Posso ajudar a manter-se atualizado sobre a saúde.

Receba gratuitamente dicas e conselhos de um médico de família

Controlo do Colesterol vs Avaliação do Risco Cardiovascular

Quantas vezes nos deparamos com os resultados dos nossos exames de colesterol e nos questionamos sobre se estamos dentro dos limites recomendados? No entanto, quando se trata de colesterol, essa abordagem simplista já não é suficiente. Descubra porquê neste artigo.
Controlo do Colesterol vs Avaliação do Risco Cardiovascular: Qual deve priorizar

A realidade é que aquando a interpretação dos nossos níveis de colesterol, não devemos fixar-nos exclusivamente nos valores numéricos, mas sim considerar o colesterol como um dos indicadores cruciais para calcular o nosso risco cardiovascular. Ou seja, devemos determinar a probabilidade de sofrer um evento cardiovascular, como um enfarte do miocárdio ou um AVC, ao longo de uma década.

Utilização do SCORE2 na Avaliação do Risco Cardiovascular:

Uma ferramenta valiosa para uma avliação eficaz e realista é o SCORE2, especialmente concebido para indivíduos com idades compreendidas entre os 40 e os 69 anos. Esta ferramenta baseia-se numa vasta base de dados da população europeia, ajustada especificamente para cada país. Ao analisar uma série de fatores, como país de origem, níveis de colesterol, pressão arterial, idade e sexo, é possível estimar a probabilidade de eventos cardiovasculares. A partir desta medição e avaliação, médicos e pacientes podem colaborar na definição de estratégias para atenuar ou precaver riscos.

O Papel do Colesterol LDL na Saúde Cardiovascular:

É importante destacar que, no que diz respeito ao colesterol, o foco está no colesterol LDL, frequentemente referido como “mau”. Este valor é calculado com base no colesterol total, colesterol HDL e triglicerídeos. Caso o seu exame não inclua o valor do colesterol LDL, é possível calculá-lo facilmente através de uma calculadora disponível online.

Estratégias para melhorar os seus níveis:

É crucial adotar um estilo de vida saudável, que inclua uma alimentação equilibrada, exercício físico regular e abstenção do tabagismo/alcoolismo. Em certos casos, pode ser necessário recorrer à medicação como complemento, especialmente se as mudanças no estilo de vida não surtirem o efeito desejado. É importante ter cautela com informações encontradas na internet ou conselhos de pessoas sem formação médica, pois isso pode influenciar negativamente o tratamento adequado.

Em suma, é crucial lembrar que os eventos cardiovasculares continuam a ser a principal causa de morte em todo o mundo, superando até o cancro. Se há uma preocupação generalizada em aderir aos rastreios oncológicos, por que não atribuir a mesma importância aos rastreios cardiovasculares? Cuidar da saúde do coração é fundamental para uma vida longa e saudável.

Fale com “oteumedicodefamilia.com” e exponha as suas preocupações ou descubra agora se “Quantificar o colesterol na farmácia é fiável“.

A informação constante neste blogue deve, sempre que necessário, ser abordada com o seu médico e está sujeita a atualizações a que os leitores devem estar atentos.

PARTILHAR

Posso ajudar a manter-se atualizado sobre a saúde.

Receba gratuitamente dicas e conselhos de um médico de família

Navegação

Scroll to Top