Blog com informação médica confiável para uma comunidade mais saudável e consciente. Saber Mais

Posso ajudar a manter-se atualizado sobre a saúde.

Receba gratuitamente dicas e conselhos de um médico de família

Atenção ao (ab)uso dos anti-inflamatórios!

Os anti-inflamatórios, como Ibuprofeno e Diclofenac, comuns no controlo da dor, merecem atenção. O uso prolongado deve ser evitado, pois poderá causar desde dores estomacais a complicações nos rins e fígado. A supervisão médica é essencial!
Os anti-inflamatórios, como Ibuprofeno e Diclofenac, comuns no controlo da dor, merecem atenção. O uso prolongado deve ser evitado

Os anti-inflamatórios, como ibuprofeno, diclofenac, naproxeno, entre outros, são frequentemente utilizados para controlar a dor, seja ela recente (aguda) ou de longa data (crónica). O uso prolongado destes medicamentos deve ser evitado, exceto algumas situações selecionadas pelo seu médico. São vários os efeitos secundários, alguns deles graves. Além disso, tomar estes medicamentos dia sim dia não é um começo para passar a toma-los diariamente. Se tal estiver a acontecer consigo, fale com o seu médico uma vez que poderá necessitar de um controlo da dor com outros medicamentos mais adequados.

Quando devem ser tomados?

Para a dor, prefira, em primeiro lugar, o paracetamol. Se não resultar e se não estiver contraindicado, então poderá tomar um anti-inflamatório (ex: ibuprofeno ou naproxeno) em dose baixa e num curto espaço de tempo (2 a 4 semanas). Se não melhorar, nesse meio tempo, aconselhe-se junto do seu médico quanto ao melhor medicamento a tomar.

É sempre necessário associar um “protetor do estômago”?

Não. Aconselha-se o uso de protetores gástricos (ex: omeprazol) aos doentes com 65 ou mais anos, pessoas com história de úlcera do estômago ou duodeno ou história de queixas na toma de anti-inflamatórios e a quem toma aspirina (ácido acetilsalicílico), anticoagulantes (ex: varfarina, sintrom, etc) ou corticoides.

Principais efeitos secundários:

Estes são alguns dos efeitos que o uso prolongado de anti-inflamatórios pode provocar no seu corpo:

  • Dores no estômago e sintomas de refluxo (azia, ardor no peito, etc);
  • Úlceras no estômago e duodeno;
  • Hemorragia intestinal;
  • Problemas nos rins e fígado;
  • Aumento da pressão arterial.

Tenha atenção se toma aspirina ou semelhantes (ácido acetilsalicílico)

A aspirina também é um anti-inflamatório não esteroide, pelo que ao tomar um segundo estará a aumentar e potenciar os seus efeitos secundários. Desse modo, é essencial aconselhar-se junto do seu médico sobre as medidas a tomar.

Se toma protetor de estômago diariamente, este artigo é para si!

A informação constante neste blogue deve, sempre que necessário, ser abordada com o seu médico e está sujeita a atualizações a que os leitores devem estar atentos.

PARTILHAR

Posso ajudar a manter-se atualizado sobre a saúde.

Receba gratuitamente dicas e conselhos de um médico de família

Navegação

Scroll to Top